Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? (v.5)

sexta-feira, 4 de agosto de 2017
              Como a corça anseia por águas correntes, a minha alma anseia por ti, ó Deus.
A minha alma tem sede de Deus, do Deus vivo. Quando poderei entrar para apresentar-me a Deus?
 Minhas lágrimas têm sido o meu alimento de dia e de noite, pois me perguntam o tempo todo: "Onde está o seu Deus? "
Quando me lembro destas coisas choro angustiado. Pois eu costumava ir com a multidão, conduzindo a procissão à casa de Deus, com cantos de alegria e de ação de graças entre a multidão que festejava.
Salmos 42:1-4

      Este salmo mostra a sede do salmista no Deus vivo, primeiro ele se compara com uma "corça" é um animal da mesma família dos veados e era muito conhecida na época, e este animal pula bastante e quando tem sede e não encontra água grita, e a alma do salmista gritava por causa da grande sede que sua alma almejava.
O verso 2 é muito interessante por que naquela época o povo só podia adorar o Senhor em Jerusalém e provavelmente o salmista não estava em Jerusalém (v.4), e por não está lá sua alma gritava de tanta sede que sentia de estar na casa do Senhor. Hoje temos a grande oportunidade de buscá-lo em todo o lugar que estivermos e as vezes nossa alma almeja qualquer coisa menos a presença do Senhor, nossas vidas estão preenchidas com as coisas desta vida e ansiamos por tudo e esquecemos dAquele que pode satisfazer a sede de nossa alma. 
 Antes o salmista se alimentava com a palavra de Deus, mas agora ele se "satisfazia" com suas lágrimas. Estar longe de Deus era o pior castigo que o salmista podia ter, sua alma estava perturbada sem a presença do Senhor, cada vez mais que se distanciava de Jerusalém sua alma gritava por querer o Deus vivo! 
 Nós mulheres temos muitas responsabilidades nesta vida, mas precisamos cada dia mais buscar Aquele que encontramos descanso para nossa alma abatida, podemos passar por dificuldades, angustias, mas este salmo nos assegura que temos um Deus pronto a ouvir o grito da nossa alma aflita, o salmista derrama o seu coração em oração e isso nos ensina a orar e derramar o nosso coração em oração, temos um Deus que prometeu ouvir nossas orações [Lc 11.9-10]   e ele nunca vai nos abandonar. E que possamos ter sede pelo o nosso Deus, pois sempre está conosco independente do que venha acontecer em nossas vidas, é um Deus presente e não distante. Para a alma aflita e abatida o único lugar certo a ir é para o nosso Deus o buscar, pois somente nEle podemos encontrar paz em meio as angústias. 
Vale lembrar que hoje não precisamos ir a Jerusalém para buscar ao nosso Deus, podemos o encontrar em qualquer lugar, com a convicção que estamos sendo ouvidas e que somente em Deus encontramos o alimento para nossa alma, que nossa alma almeje pelo o Deus vivo aquele que nos resgatou das trevas e trouxe para o seu reino, se não fosse Ele, estávamos perdidas! 

   Por que você está assim tão triste, ó minha alma? Por que está assim tão perturbada dentro de mim? Ponha a sua esperança em Deus! Pois ainda o louvarei; ele é o meu Salvador e
o meu Deus. A minha alma está profundamente triste; por isso de ti me lembro desde a terra do Jordão, das alturas do Hermom, desde o monte Mizar.
Salmos 42:5,6 

Quando estamos com a alma perturbada, o que fazer? Buscar em pessoas a paz? Ou em objetos? A resposta é não, o v.6 é a resposta, devemos buscar ao Senhor quando estamos assim, Ele é nosso salvador e Deus, confiemos nEle somente.



 - Yas Almeida 

Nenhum comentário

Enviar um comentário

 
Desenvolvido por Michelly Melo.